menu

Image Map

10/01/2018

Resenha | Death Note- Tsugumi Ohba

Escrevo está resenha em 6 minutos e 40 segundos...

Então, muitos devem ter ouvido e visto o grande barulho que foi a adaptação do mangá Death Note feito pela Netflix. Então trago aqui no blog para vocês a primeira resenha sobre um mangá, Death Note, escrito por Tsugumi Ohba e a arte feita por Takeshi Obata, e o grande veredito (assim, meu, né, se valer kkk): Death Note é bom ou ruim?


A sinopse é a seguinte: "Light Yagami é um estudante promissor, mas que está muitíssimo entediado por ser o mais inteligente do que todo mundo. Tudo isso muda quando ele encontra o Death Note, um caderno deixado na Terra por um Shinigami (deus da morte) renegado. Qualquer humano que tiver o nome escrito no caderno morrerá. Light jura usar do Death Note para livrar o mundo do mal, mas a teoria de que os fins justificam os meios não é bem aceita pela polícia".

Ah, cara, um caderno que mata pessoas, que parada caída, mó ruim.

Bom, algumas pessoas podem pensar assim, principalmente se viram só o filme (que não representa em nada, apenas em título, o mangá). A história vai trazer um grande questionamento que vai ser respondido por cada um que o ler: o que é a justiça?

Para responder essa questão durante a história, temos o lado do Light Yagami, que vai ganhar o nome de deus Kira, e o L, o melhor investigador do mundo, e no meio dos dois temos o imparcial Ryuk, o Shinigami que deixou o caderno cair no mundo dos humanos de propósito apenas por um motivo, ele estava entediado, assim como Light.

Em um mundo que a criminalidade está em níveis absurdos, Light escreve diversos nomes no caderno, e quando conhece o Shinigami, ficando levemente surpreso, acaba por surpreender o Ryuk.

"Sabia que outros cadernos já tinham circulado pela terra no passado, mas você foi o primeiro a acabar com tantas pessoas em apenas cinco dias!!!"

O caderno tem varias regras, você escreve o nome de alguém, mas precisa ter o rosto dela em mente, isso não afetará outros com o mesmo nome. Após escrever o nome, você tem 40 segundos para dizer como a pessoas vai morrer. Se não, ela morre de ataque cardíaco. Depois de escrever a causa mortis, você tem 6 minutos e 40 segundos para dar detalhes dela. Com tantas mortes súbitas por ataque cardíaco, fica claro que algum fator sobrenatural ou alguém, está envolvido. E nisso entra a polícia em ação, o L, que na minha opinião é mais inteligente que o Kira.

L é um garoto de aparência estranha, viciado em doces e que praticamente não dorme. Ninguém sabe seu nome nem viu seu rosto (#Kiramagoado). Defende que a justiça não deve ser feita com as próprias mãos. Ele acredita que a paz não se alcança com a  violência. Isso nos leva à decadência. E ele tem apenas duas regras:
 "Primeiro, eu nunca erro. Segundo, se eu errar, volte pra primeira regra".

A história se torna uma batalha de inteligência absurda e bem escrita, com reviravoltas impressionantes e que te prendem do inicio ao fim.



Também temos como personagem importante Misa, uma celebridade que se apaixona por Kira e vem o ajudar na sua nova era de justiça. Como ela aparece um pouco depois, não tem como me estender sobre a mesma sem soltar spoiler e a resenha já tá gigante! Perdão.

Death Note é um mangá muito inteligente e difícil de escrever sem dar spoiler. Personagens marcantes e que você acaba amando e odiando. Uma leitura que indico para qualquer pessoa, sou um carinha legal, kkk. Leiam e digam, de que lado você está, L ou Kira?

E se você achasse um caderno assim, o que você faria?

Na minha opinião, o mangá Death Note é uma obra prima!

Classificação:
🕮🕮🕮🕮🕮
Autor: Tsugumi Ohba
Editora: JBC
Ano: 2013
Páginas: 400

15 comentários:

  1. Oi Mi!
    Nunca li, nem assisti ao anime muito menos ao filme, e já ouvi tantas coisas controversas sobre, que perdi a vontade, hahaha... Mas, gostei muito do seu veredicto, rs.

    Beijoooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cecy.
      O veredicto não foi meu, mas do meu colaborador e amigo, o Breno. Haha, mas leia e tire suas próprias conclusões, mesmo que muita gente diga que é ruim, você pode até gostar, quem sabe.
      Beijos

      Excluir
    2. Agora você tá ouvindo a opinião de um profissional kkkk, dê uma chance, você não vai se arrepender!

      Excluir
  2. Acho que você vai ter que me emprestar esse livro também, senhorito, kkkkk, e mais alguns mangás, se você tiver. Amei a resenha, viu?! Obrigadaaaaa.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Empresto siim! Estou montando minhas coleções de mangás, já tenho alguns!

      Abraço

      Excluir
  3. Nunca li o livro e nem assisti o filme, mas ja quero assistir o filme urgentemente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, tu vai perder valiosas 1h30min de sua vida, Graciane! Assista sabendo que o filme de fiel só tem o nome kkkk

      Excluir
  4. Death Note é vidaaaaa,amei a resenha L meu crush ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Quem não se apaixona por aqueles olhos vidrados do L?! kkk

      Excluir
  5. Gosto muito do anime, meu marido me zoa muito por isso, Mas esse até ele gostou...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem como não gostar, ele é simplesmente genial! Fã alert

      Excluir
  6. Amo Death note, lia/via muito quando era mais nova, mas aquele filme que saiu, pelo amor!!!!!! que coisa ruim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquele filme é a pior "adaptação" que já vi, e olhe que incluo Popeye e Mario Bros na lista!

      Excluir

Olá! Seja muito bem-vindo a este espaço, que é nosso! Se seguir o blog ou se comentar, deixe seu link para que possamos segui-lo e retribuir a visita. Ao deixar seu comentário, clique em "Notifique-me" para podermos conversar; são bem-vindas críticas construtivas, mas não xingamentos.
Um abração!

© ♥ Eu Sou Um Pouco De Cada Livro Que Li ♥ - 2016. Todos os direitos reservados.
Designed by: Amanda Hauanne e Mirelle Almeida. Cabeçalho by: Edu Anjos.
Tecnologia do Blogger.