menu

Image Map

13/09/2018

Resenha | S. O. S Fui Traída - Fê Friederick Jhones

SINOPSE | COMPRA
Heyy, gente! Hoje estou muito feliz e de coração aquecido, pois terminei um livro lindo que me deixou suspirando. Não sou muito de ler romances, mas esse me pegou de jeito. Trouxe a resenha pra vocês saberem mais ou menos do que estou falando.

Magda Tavares ou Agda, como gosta de ser chamada, é uma mulher forte que sempre lutou pelo que queria. É psicóloga clínica e leva uma vida normal. Até que descobre que virou "corna". E o pior: a amante do marido, Maurício Mércure, marcou uma hora em seu consultório, cuspiu a traição em sua cara e ainda pagou pela consulta! Nesse momento, a vida de Ag vira de pernas pro ar e suas certezas são postas em xeque.

"— Ultimamente tenho descoberto tantas fraquezas.
— Ah, Ag. Somos feitos dessas contradições. Nenhum de nós pode se gabar por completude seja no que for."

Agda não faz escândalos, leva tudo na maior tranquilidade (até demais) e tenta seguir em frente. Mas isso é só no começo e faz parte da personalidade dela. As coisas vão ficando difíceis e Ag encontra um panfleto de um grupo de apoio a mulheres que foram traídas, o S.O S, Fui Traída. Depois de relutar, ela vai até o lugar e começa a se apegar às pessoas, principalmente Manuela, amiga com a qual Magda compartilha sua dor, e Vitória, a idealizadora do grupo.

"— E se eu posso dar algum conselho, é que para seguir em frente você precisa perdoar. Nenhum de nós consegue caminhar com o peso da mágoa."


Nossa baiana Ag tem também o apoio de Larissa, uma escritora linda e amiga dela desde a infância, além de contar com Abílio, seu pai, e Marisa, sua ex-sogra, que mais parece uma mãe pra ela.  Todos eles são essenciais para o recomeço de Ag. E o grupo S.O. S, que ela achou que não funcionava, começa a surtir efeito de uma forma linda.

Seguindo os 12 passos estabelecidos pelo grupo, nossa protagonista e narradora, embarca em uma longa jornada de aceitação, autodescoberta e recomeços. E pra isso ela não pode pular passos, mesmo que eles digam que ela tem que enfrentar os traidores.

"Voltar para casa pode parecer ótimo depois de uma temporada longe, mas  sempre há uma sensação de estranhamento, de não saber se aquele continua sendo o seu lugar."

Agda não é do tipo de mulher que faz drama e não se coloca como vítima, ela tenta entender a si e ao outro e o que deu errado no relacionamento, sem querer justificar os 2 anos de traição durante os 13 anos que foram casados.

Gostei muito dos personagens, de cada um deles, são maduros pra reconhecerem suas falhas e não ficar jogando a culpa um no outro. Confesso que não odiei o M, como Maurício era tratado pela Ag, me vi sentada com a Agda, conversando com ele, o amando, e reconhecendo os erros que refletiram na relação deles, mas não na traição, óbvio. Os personagens que a Fê construiu são extremamente humanos, palpáveis, o que nos aproxima deles e nos faz submergir na história.

Esse livro é mais que um livro sobre traição, é um livro de recomeços, de autodescobertas e muitas aprendizagens. A Fê tem uma escrita empolgante, divertida, o que torna o tema leve e em alguns momentos engraçado, mas também é uma escrita cheia de reflexões e emoções. Meu coração palpitava com cada passo que a Agda concluía e ansiava pelo próximo. Esse é o tipo de livro aconchegante, que aquece nosso coração e que alcança nossa alma. Foi isso que disse a Fê quando concluí a leitura e é isso que continuo sentindo ao escrever essa resenha. É impossível não favoritá-lo,  não amá-lo. Leiam, por favor!

Conheçam mais da Fê e de suas obras em seu INSTAGRAM

Classificação:
🕮🕮🕮🕮🕮💗
Autor: Fê Friederick Jhones
Ano: 2018

10/09/2018

📺 ⇝ Séries | Atualização ⇜ 📺

Oiiiiiii, pessooooas!
Tenho visto muitaaaa coisa na Netflix e terminei algumas séries, iniciei outras. Trouxe algumas pra vocês conferir. 

📺Finalizadas📺

❤ Descendants of the Sun

❤ Sherlock Holmes 
(Já estou com saudades. Me indiquem uma série parecida com ela, sobre investigações, assassinatos, detetives...)


📺Em andamento 📺

Grey's Anatomy
(Meu vício do momento)


Era Uma Vez


O Atirador


Jardim de Meteoros

Something in the rain


My Love Eun Dong


A primeira de "Finalizadas" e estas três últimas são orientais. Jardim de Meteoros é chinesa e as outras são sul-coreanas. Essas séries ou novelas orientais são mais conhecidas como Dorama.

E vocês, me contem, o que estão vendo? 
Um abração e até a próxima, se Deus quiser.

05/09/2018

Resenha | O toque de um anjo - L. F. Freitas

Ei, gente! Trouxe uma indicação linda de um conto que li faz um tempo. Ele estava grátis na Amazon e como estava no clima de contos, resolvi ler e me apaixonei. Deixo um comentário breve sobre ele.

SINOPSE | COMPRA

Vanessa tinha uma vida feliz com seu marido Marcelo. Estava grávida, haviam mudado de cidade e estavam comemorando a vida nova. Mas então um acidente acaba com tudo.

Desde então o Natal tem sido uma data ruim pra ela, nem o bebê sobrevive ao acidente e ela fica só, angustiada e com vontade de não mais viver.

E então uma menina chamada Laura aparece num momento em que ela estava decidida a acabar com tudo. A partir disso os acontecimentos a levam ao hospital e a Gabriel, o médico de olhos cor de âmbar nos quais Vanessa encontrou o único conforto por ter perdido tudo.

Esse novo encontro traz recordações dolorosas, mas abre caminho pra um recomeço.

O conto clichê, da L. F. Freitas, nos traz um aprendizado sobre recomeçar apesar de tudo parecer dar errado. Nos momentos em que mais precisamos podem aparecer pessoas que nos ensinam que amar de novo vale a pena. A escrita da autora é simples, mas nos toca e nos prende até o fim. Leiam o conto e se emocionem. ❤

Classificação:
🕮🕮🕮🕮🕮
Autor: L. F. Freitas

Me contem, gostaram da premissa? Um abração e até a próxima, se Deus quiser.
© ♥ Eu Sou Um Pouco De Cada Livro Que Li ♥ - 2016. Todos os direitos reservados.
Designed by: Amanda Hauanne e Mirelle Almeida. Cabeçalho by: Edu Anjos.
Tecnologia do Blogger.