menu

Image Map

10/04/2016

Todas as cartas de amor- Fernando Pessoa

Um poema de Fernando Pessoa para desfrutarmos. ;)


Imagem retirada da internet
Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)
Poema retirado de Bula Revista.

6 comentários:

  1. Que Poema lindo...
    Amo Fernando Pessoa <3

    ResponderExcluir
  2. Pessoa é maravilhoso! Gosto muito também de tabacaria, se te queres matar e não sei quantas almas tenho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, maravilhoso mesmo. Vou procurar esses outros.
      Bjos.

      Excluir
  3. Esse poema do Fernando pessoa é lindo demais... amo Fernando pessoa e poesia. Quero ler poesia no meu canal também... precisamos conversar ;) Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tô amando o Fernando Pessoa, não só ele, mas outros autores nacionais também. Seria ótimo você falar de poesia, vejo poucas pessoas falando do assunto. Sim, vamos conversar.
      Abraço.

      Excluir

Olá! Seja muito bem-vindo a este espaço, que é nosso!
Deixe seu comentário e clique em "Notifique-me" para podermos conversar; são bem-vindas críticas construtivas, mas não xingamentos. Deixe também o link de seu blog, se tiver, para que possamos lhe retribuir a visita e segui-lo.
Um abração!

© ♥ Eu Sou Um Pouco De Cada Livro Que Li ♥ - 2016. Todos os direitos reservados.
Designed by: Amanda Hauanne e Mirelle Almeida. Cabeçalho by: Edu Anjos.
Tecnologia do Blogger.