menu

Image Map

11/03/2017

Resenha | A casa de vidro (As estações)- Anna Fagundes Martino


SINOPSE
Que surpresa agradável este conto! Estava baixando alguns livros gratuitos na Amazon e ele me chamou a atenção. A Anna tem uma escrita audaciosa, sabe, daquele tipo que desafia o leitor e que o faz sentir prazer com a narrativa.

Me vi mergulhando em um mundo ora real, ora imaginário, fantasioso, como se estivesse num sonho. Mas ambos estão ligados, principalmente quando Eleonor conhece Sebastian, um homem que a princípio lhe parece muito estranho. O fio que separa esses dois mundos é tão sutil e tênue que o leitor chega ao ponto de não saber o que é real ou o que é fantasia e habita os dois ao mesmo tempo.

Eleonor em meio ao luto pela mãe e a falta de interesse do pai, se aproxima cada vez mais, nutrida pela curiosidade, do jardineiro da casa, o Sebastian. Mas de que mundo é ele? E porque ele faz o jardim florescer até no inverno? O que ele toca ganha vida e se torna belo e isso intriga a jovem.

Há no conto a presença marcante do mágico, do fantasioso, e isso é trazido pelo jardineiro. Eleonor aparece como representante do real, trazendo regras, tentando limitar ou adequar Sebastian a elas, e ele sempre as questiona, pois não as conhece (afinal, no mundo imaginário tudo é possível), o que assusta a moça. 

-Vocês têm uma obsessão por isso de normal - ele disse, a voz muito baixa. - Não faz sentido. Não entendo. O que seria isso? E quem decide?

Sebastian é de um mundo não definido, mas que acabamos mergulhando através da escrita de Anna, e Eleonor é a ponte pra esse mergulho. O que não se pode negar é que estes dois personagens têm uma ligação intensa, como o imã que atrai o metal. Essa relação produz um fruto e é nesse momento que Anna Fagundes consegue dissolver, estilhaçar, a separação que existe entre real e fantasia, eles já não têm um fio que os separa, eles agora são um só. E Stella, o fruto do amor de Sebastian e Eleonor, é a prova disso. 

"A pele dele parecia mais brilhante, sem as manchas azuladas e frias: estava em seu elemento e, ali, ele era belo como um amanhecer."

Mas o conto não termina por aqui. Eleonor amadurece, ou amplia a visão, depois do relacionamento com Sebastian e passa a ver o mundo e as pessoas de maneira diferente, o que a permite casar-se com um homem da sua espécie sem medo. Aí você pode estar se perguntando se Sebastian e ela não terminam juntos. Não posso dizer, hahaha. Leiam e descubram e criem seus próprios significados. Achei o conto muito bem construído e sem brechas. É um pouco complexo, mas permite que o leitor lhe traduza à sua maneira e isso depende de nossa bagagem literária e de mundo. Indico a leitura, vocês precisam lê-lo! 

Aproveitem que ele ainda está de graça na Amazon! É só ir AQUI!
Abraço e até a próxima!
Por Mirelle Almeida

Classificação:
Autora: Anna Fagundes Martino
Editora: Dame Blanche
Ano: 2016
Páginas: 47

12 comentários:

  1. Oi Mirelle! É por isso que eu amo a Amazon a gente encontra tanta coisa bacana por lá! Eu não conhecia o conto, mas fiquei bem interessada, já torno por Sebastian e Eleonor rsrsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né isso, menina?! Haha
      Kkkk, é impossível não torcer.
      Beijos

      Excluir
  2. Que dica incrível. Eu gosto bastante de contos embora não leia com tanta frequencia. Adorei a complexidade dessa história que mistura fantasia de uma maneira tão inteligente.
    Vou ver se a promoção da amazon ainda está valendo! :)
    Beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!
      É, realmente, maravilhoso.
      Veja mesmo.
      Beijos <3

      Excluir
  3. Amei a capa, e pela sua resenha parece ser uma ótima leitura. Eu gosto quando no decorrer do livro, a realidade e fantasia se cruzam. Ótima resenha :)

    PS: Estou seguindo :D

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim, além da capa a leitura é maravilhosaaa!
      Obrigada!
      Bem-vinda!
      Beijos <3

      Excluir
  4. Migaaaa, tu arrasa ♡
    Já vou procurar por esse livro, não sou muito de ler contos, mas com essa vida sem tempo acho que essa é uma solução viável.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaa, miga!
      Procura, é muito bom.
      Te entendo bem, hahaha
      Beijos

      Excluir
  5. Já aproveitei e baixei!
    Adoro esses contos, sempre trazem algo diferente e funcionam como uma ótima distração para uma tarde!
    Bjo!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi!
    Que capa espetacular, gente, amei!
    Parece ser um conto fófis esse, daqueles bem clichês que a gente ama ler e reler, hahah.

    Beijoooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, siim, é maravalhoso!
      Eu não achei ele clichê, hahaha
      Beijos <3

      Excluir

Olá! Seja muito bem-vindo a este espaço, que é nosso!
Deixe seu comentário e clique em "Notifique-me" para podermos conversar; são bem-vindas críticas construtivas, mas não xingamentos. Deixe também o link de seu blog, se tiver, para que possamos lhe retribuir a visita e segui-lo.
Um abração!

© ♥ Eu Sou Um Pouco De Cada Livro Que Li ♥ - 2016. Todos os direitos reservados.
Designed by: Amanda Hauanne e Mirelle Almeida. Cabeçalho by: Edu Anjos.
Tecnologia do Blogger.